Camisa Margarida da Democracia

Código: 0000000065627 Marca:
Selecione a opção de Cor:
Selecione a opção de Tamanho:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
R$ 85,00 R$ 77,00
Vou levar! Estoque: Disponível
R$ 79,00 R$ 69,90
Vou levar! Estoque: Disponível
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
A partir de R$ 69,90
  • R$ 77,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
  • R$ 77,00 Boleto Bancário
  • R$ 69,90 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
  • R$ 69,90 Boleto Bancário
  • R$ 69,90 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
  • R$ 69,90 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Camisa Margarida da Democracia, Igualdade e Respeito

Esta camisa é uma homenagem a líder sindicalista campesina Margarida Alves, assassinada por questões políticas em 1983 e que deu origem a Marcha das Margaridas em 2000.

Nenhuma força vai calar as mulheres. 

 

Conheça a história dessa grande líder, Margarida Alves, que dá vida a nossa estampa Margarida da Democracia.

No dia 12 de agosto de 1983, Margarida Maria Alves, presidenta do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alagoa Grande, na Paraíba, foi assassinada com um tiro de espingarda calibre 12 no rosto. A primeira mulher a liderar um sindicato de trabalhadores rurais no Brasil morreu aos 50 anos, na frente de casa, perto de seu marido e do filho de oito anos, que brincava na calçada.

As denúncias de abusos e desrespeito aos direitos dos trabalhadores nas usinas da região, feitas por Margarida Alves, desagradavam os fazendeiros, que encomendaram seu assassinato.

Apesar da repercussão dentro e fora do Brasil, o crime não resultou na prisão dos mandantes. Em 1995, 12 anos após o assassinato, o Ministério Público chegou a denunciar quatro fazendeiros como mandantes. Desses, apenas um foi julgado e inocentado em 2001.

Margarida tornou-se um símbolo da luta das mulheres camponesas. Desde o ano 2000, sempre em agosto, a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), o Movimento dos Sem Terra (MST) e outras entidades realizam em Brasília a Marcha das Margaridas, levando reivindicações e propostas das mulheres do campo.

Este texto é um trabalho do Memorial da Democracia, o museu virtual dedicado às lutas democráticas do povo brasileiro e que é uma parceria entre Instituto Lula e Fundação Perseu Abramo.

------------

Camisa de Malha Modelo babyook gola redonda

Marca Golpe Store

Composição do tecido: Malha vermelha 100% algodão

 

 

MODO DE LAVAGEM E CONSERVAÇÃO

Lavar na máquina ou à mão com água e sabão pelo avesso. Não use alvejantes. Secar à sombra e passar ferro pelo avesso. 

 

ATENÇÃO

Em época de pandemia os cuidados são redobrados. Não compartilhe roupas e objetos pessoais sem a devida higienização prévia. Cuide-se e proteja a todos.

Produtos relacionados

R$ 85,00 R$ 77,00
Vou levar! Estoque: Disponível
R$ 79,00 R$ 69,90
Vou levar! Estoque: Disponível
A partir de R$ 69,90
Sobre a loja

A GOLPE STORE produz e comercializa produtos identificados com questões sociais, políticas, ambientais e éticas orientadas às reflexões e debates sobre o cotidiano da sociedade brasileira na perspectiva do fomento às liberdades individuais e coletivas. Pensamos nossos produtos a partir da pesquisa de temáticas de ativismo sócio-político traduzidos na qualidade estética das expressões desenvolvidas para moda e resistência. ...

Social
Pague com
  • PagHiper
Selos
  • Site Seguro

SOU IDEIA COMÉRCIO DE ROUPAS E SERVIÇOS DE MARKETING LTDA. - CNPJ: 27.866.172/0001-07 © Todos os direitos reservados. 2021